/// . Baobá Voador .
Chamada Geral para Retransmissão de Sinal – Transmissão Fordlândia

ALÔ ALÔ RADIOCOMUNICADORES DA AMAZÔNIA E DE TODA A ALDEIA GLOBAL!

Convocamos rádios livres / rádios populares / rádios comunitárias /
rádios autogestionadas / mídia-ativistas / mídia-livristas e todos os
amantes da radiodifusão para tecer uma rede solidária de
retransmissão de sinal.

Uma ação de mídia tática, de amplificação de potência e alcance
do evento comunitário “Transmissão Fordlândia”: da terceira
margem do Rio Tapajós ao Amazonas, fluindo ao encontro de todos os rios
e vozes do mundo.

Para participar dessa ação de mídia tática e se integrar a essa rede
solidária de retransmissão de sinal, acesse o link radioee.net [1],
nos dias 16 e 17 de setembro.
Lista inicial da rede solidária de radiodifusão:

radioee.net [2]

idademidia.org [3]

apexart.org [4]

Pela Amazônia, pelo mundo, por todos!

_____________________________________________________

Transmissão Fordlândia é um evento comunitário transmitido por
rádio online e FM ao vivo, direto da vila de Fordlândia, no município
de Aveiro, Pará, realizado pelo coletivo radioee.net [1](Rádio Espaço
Estação), em colaboração com uma rede de articulação local.

Apresentada em diferentes línguas simultaneamente – português,
espanhol e inglês – a programação conta com entrevistas ao vivo,
experimentos sonoros, apresentações musicais e arquivos de áudio,
congregando diferentes vozes e perspectivas que refletem sobre como
legados históricos e ecossistemas comunicativos influenciam e modelam o
momento atual de Fordlândia.
radioee.net [2] é um coletivo de rádio online, nômade e nômade,
formado por Agustina Woodgate, Hernan Woodgate, Sebastian Bellver e
Stephanie Sherman, que vem realizando transmissões ao vivo em
diferentes lugares, operando como um canal que se abre para vozes e
referências locais, conectando-os com ouvintes em escala global, e
estabelecendo um panorama de discussão em torno do tema movimento,
relacionando transporte, imigração, exportação ou outros fluxos de
deslocamento territorial, social e político.
radioee.net [2] já transmitiu em um parque de diversões abandonado em
Berlim, no porto de Buenos Aires, em um caminhão cruzando a cidade de
Washington D.C. e em um barco navegando pelos canais de Miami.
Fordlândia foi fundada em 1927 pelo industrial Henry Ford, a fim de
criar um suprimento constante de borracha para seu império automotivo
em expansão, tendo sido abandonada menos de duas décadas depois. A
tentativa da Ford de colonizar e industrializar a Amazônia foi
desastrosa desde o início. A monocultura, a estética suburbana
norte-americana e as normas trabalhistas do fordismo foram recebidas com
resistência por parte dos trabalhadores e da própria natureza. Após
anos de estagnação econômica e abandono, a vila de Fordlândia se
mantém, e atualmente, a comunidade vem se organizando na tentativa de
elevar a vila à categoria de distrito.
Transmissão Fordlândia reflete acerca de como fluxos de produção,
migração e transporte podem ser abordados a partir deste lugar: em que
medida estes elementos se manifestam em diferentes escalas produtivas,
delineando um sistema de relações de interdependência que envolvem
desde hábitos e modos de vida locais até negociações acerca do
impacto da implementação de macro-empreendimentos por toda a
Amazônia. Como rios, estradas, a borracha e a comunicação por rádio
conectam percepções de mundo dando forma ao passado, presente e futuro
desta localidade?
Na semana que antecede a transmissão, será oferecido um Curso Prático
de Comunicação e Rádio, conduzido pelos brasileiros Angelo Madson,
Gabriel Martinho e Veronique Isabelle junto aos moradores de
Fordlândia e região, em formato de encontros teórico práticos,
abordando temas de comunicação, captação de som e operação de
rádio (de 11 à 15 de setembro, de 17h às 19h), na Escola Sagrado
Coração de Jesus. As inscrições são gratuitas e com direito a
certificado de participação.

O evento de Transmissão acontece no Galpão próximo ao trapiche onde
ancoram as embarcações (antiga Fábrica da Ford), com início às 8h
do sábado 16, às 20h do domingo 17 de setembro.

A equipe local de Transmissão Fordlândia é formada por: Mat Guzzo,
artista visual, produtor e pesquisador, atuando na criação de uma
plataforma logística e produção junto à comunidade; Risomar Gomes,
Presidente da Associação de Moradores de Fordlândia, no apoio
institucional e mobilização da comunidade em torno do projeto; e Ruli
Moretti, curadora independente e gestora cultural, na medição e
coordenação de equipes de produção e criação, com os seguintes
colaboradores sonoros: Angelo Madson (idademidia.org [5]), Gabriel
Martinho e Veronique Isabelle.

Transmissão Fordlândia foi financiada pelo Programa de Exposições
Franqueadas da apexart (NY/EUA), e pelos ouvintes da radioee.net [1],
através da plataforma de financiamento coletivo Kickstarter.

Para maiores informações, entre em contato através do email
radioee.net@gmail.com, ou visite radioee.net [1] ou
facebook.com/radioeenet/ [6]

Links:
——
[1] http://radioee.net
[2] http://radioee.net/
[3] http://idademidia.org/
[4] http://apexart.org
[5] http://idademidia.org
[6] http://facebook.com/radioeenet/

Tags:

Leave a Reply