/// . Baobá Voador .
Papoulas e Cocaína

O modelo colonialista nunca teve um fim, pelo contrário, o neo-colonialismo está muito evidente nos dias de hoje. Com o modelo de “aceleração” do “crescimento” adotado pelo Brasil, percebe-se que a exclusão social e o domínio da natureza e seus seres sempre foi uma prática adotada pelos herdeiros/abasta(r)dos das burguesias nacionais. É a era do bioimperialismo, presente tanto nas invasões estadunidenses ao oriente médio, campos de refugiados palestinos, defumações de veneno nas plantações colombianas ou nos campos e nas cidades do Brasil. Cruzando essas informações e territórios, o vídeo retrata um pouco a contemporaneidade da dominação capitalista.

Degustação áudio-visual…

Leave a Reply